O Jogo de Búzios na Umbanda

Existe uma afirmação corrente, principalmente aqui no Rio Grande do Sul, que NÃO SE JOGA BÚZIOS NA UMBANDA. Esta afirmação parte, principalmente da parte dos praticantes do Batuque, ou dos cultos de Nação, que invocando a tradição, e afirmando que Umbanda não tem “fundamentos” para cultuar Orixás, e por consequência não pode jogar búzios, escrevemos algumas linhas em defesa desta prática dentro da Umbanda.

Sem querer atentar contra nossos irmãos, mas também pedindo o respeito devido aos Umbandistas, recorremos aqui as palavras de uma, se não a maior autoridade religiosa da Umbanda, Pai Ronaldo Linares, em seu livro Jogo de Búzios, publicado pela Madras Editora:

“…os candomblecistas afirmam que a Umbanda não tem fundamento(e qual é o do Candomblé?).Os candomblecistas afirmam ainda que A UMBANDA NÃO PODE JOGAR BÚZIOS, da mesma forma que proclamam que para se preparar corretamente para a missão mediúnica umbandista é preciso “FAZER CABEÇA” no Candomblé e, finalizando, houve até uma tentativa de negar as raízes africanistas da Umbanda, quando se tenta transformar o vocábulo Bundo, Umbanda, em OMH-BAN-DA, de origem védica sânscrita, transformando um simples culto de terreiro, mestiço como bom brasileiro, em algo hindu ou até mesmo pré-histórico….se podem as macumbas e os candomblés coexistirem na Umbanda, os búzios naturalmente também podem. Entre o bairro carioca de Água Grande e o Mercado de Madureira encontramos oito vezes em placas, ostensivamente afixadas, a expressão “Joga-se Búzios” e, em todas elas, a identificação Tenda de Umbanda. Tentar negar que se jogam búzios na Umbanda é querer tapar o sol com a peneira…

Poderíamos aqui citar também o livro “Manual Prático do Jogo de Búzios”, de Omolubá e Fernandez Portugal Filho, onde Omolubá, um dos grandes decanos da Umbanda, também defende esta prática na Umbanda.

Tive a oportunidade de fazer este questionamento a outros pais e mães de santo com visões diferente da colocada aqui no Rio Grande do Sul, com terreiros no estado de São Paulo. A resposta que ouvi foi a seguinte:- “Joga búzios na Umbanda quem sabe jogar.”Invocar a tradição para falar que jogo de búzios é algo vetado a Umbanda, seria o mesmo que afirmar que o oráculo com búzios, por ser algo que foi levado para África, ou não ser originário do culto aos Orixás, seria então vetado para praticantes do culto aos Orixás. Até neste ponto, com todo respeito devido aos africanistas, mas grande parte destes colocam que nem cultuar Orixás é permitido na Umbanda. Esquecem de que, a entidade de Preto-velho, chamado de Pai Antônio, que se comunicava através do pai da Umbanda, Zélio F. de Moraes, foi o primeiro a inserir o culto aos Orixás na Umbanda.

Pois bem, fato é que os búzios dentro da Umbanda existem, e quem somos nós para falar para o mundo espiritual o que é correto ou errado. Na nossa humilde opinião, a Umbanda, por ser uma religião em aberto, não ter papas, codificadores, ou chefes maiores que ditem regras, salvo cada pai ou mãe espiritual dentro de seu terreiro, se expressa de uma maneira plural, algumas casas com uma Umbanda mais próxima da realidade judaico-Cristã, outras mais próximas do africanismo, mas nenhuma melhor que a outra, apenas mostrando que tudo é Umbanda, e se assim é, os Orixás permitem.

Mais uma vez, reiteramos nossa opinião. Acreditamos estar equivocada a posição de alguns sacerdotes, de que os Orixás só podem se manifestar a sua maneira, de acordo com o ritual por eles especificados, e dentro de suas regras. Não, o mundo espiritual, e muito mais os Orixás, ministros de Olodumare, o Criador, não estão sujeitos a regras humanas. Se assim aceitam e se manifestam, é para melhor se fazerem sentir, ou entender por nós, seus filhos na Terra.

Um fraterno Sarava.

1 Comment

  1. Perfeita a tua conclusão Nego Veinho, resultado das adequadas premissas utilizadas para fundamentar o texto! Aliás, é este tipo de racionalização humana que tu faz, em cima de matérias espirituais, é a base racional tão pregada tanto pelo Espírito da Verdade quanto pelos demais mensageiros convocados por ele para dar início a retirada do Veu de Izis entre os Planos Material e Espiritual! Me parece, que é JUSTAMENTE este tipo de racionalização que falta as demais religiões de matriz africana, quando resolvem criticar a Umbanda…e aqui chama a atenção esta postura: quando criticam a Umbanda, criticam o Caboclo das Sete Encruzilhadas e o próprio Jesus…só um Sacerdote com a tua formação pra escrever este texto…parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s