Estamos atrapalhando o Mundo dos Espiritos – parte 1

Isto mesmo! Leram corretamente o título deste texto: nós estamos atrapalhando, prejudicando, atravancando, colocando obstáculos no Mundo Espiritual.

Mas como é possível o Mundo dos Humanos influenciar de forma prejudicial um Plano que é, além de espiritual, Divino???

A resposta é bem simples e direta: com o nosso comportamento destrutivo produzimos péssimos homens, que depois se tornarão pessimos espíritos.

De cima para baixo, de baixo para cima, em qualquer sentido, sob qualquer ângulo, a Humanidade em todas as classes e por todo o Planeta, infelizmente, consegue produzir crianças, que logo se tornam adolescentes e, passo seguinte, se tornarão adultos com graves problemas de caráter e psicológicos.

Pois bem. Ao desencarnar, para onde caro leitor, você acha que irão estes humanos? Para o “Céu”, para as Colônias, para as cidades do Plano Superior? Não! Elas vão ficar, no mínimo, pela crosta espiritual terrestre, daí sim em colônias e cidades.

Perdidos neste ambiente criado justamente pelas próprias vibrações de “mortos” que vieram milhares de anos antes e que continuam chegando, dão prosseguimento ao aumento geográfico do local com mais e mais vibrações idênticas, assim como ao aumento numérico de moradores.

E estes moradores, com muita frequência, servem de escravos ou livremente vão trabalhar para grupos do Baixo Astral, aumentando incrivelmente este tipo de exercito. E quem vocês acham que estes grupos atacam?? A Terra ora bolas…

Entao, dito isto, que tal a gente começar a ter mais cuidado com a educação escolar, doméstica e moral das nossas crianças? Que tal os pais tomarem mais cuidado com seus filhos? Porque os pais também são responsáveis pelo que fizeram com seus filhos adultos, quando eles eram ainda pequenos humanos em formação, cheios de dúvidas mas vazios de conhecimento, de olhinhos abertos esperando uma orientação, uma boa explicação de seus pais…

A Teia da Vida criada pelo nosso Pai abraça tudo e todos, e todos os Planos, todas as Escolas, com uma linha invisível de fatos e acontecimentos, e o que fazemos ao outro, fazemos a esta Teia!

Assim, produzindo bons filhos produziremos bons espíritos!

Os Generais Romanos gritavam antes de uma batalha: homens o que fazemos agora, ecoa na Eternidade!

Embora humanos, trancados em um aparelho, em um corpo limitado, nossa inteligência permite que tomemos consciência da Vida e da Morte, agora sem o véu da ignorância, afim de que possamos auxiliar nosso Pai em nossa caminhada e na do nosso próximo, e também, por que não do nosso próximo do outro lado do Véu de Izis?

Este texto continuará na parte 2 muito em breve…

Saravá a todos.

José Augusto da Cunha Meira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s