a prova que faltava de que somos filhos de olorum!!! E AGORA?

Extra! Extra! Extra!

Era isto que gritavam os antigos meninos jornaleiros, anunciando a entrega do jornal do dia. Pois é o que este barbudo jornaleiro está fazendo agora, ao entregar este “jornal” para vocês com uma notícia de capa bombastica: Enfim, depois de milhares de anos, a população da Terra (e não os supostos maiorais das Igrejas) obteve a prova cabal, a prova definitiva e final, que não pode ser contestada, de que somos filhos de Deus, de Olorum!!!!

E assim, este demorado processo de paternidade, conseguido o exame final de DNA, pode ser encerrado.

Na fase de instrução do processo, as partes, de um lado, Pai Michel de Oxalá afirmando nossa filiação Divina, tendo como advogado este Barbudo, e do outro Taissom de Iemanjá, negando nossa filiação, sendo defendido por um cabeça de cobra lá debaixo, juntaram centenas de documentos históricos.

(Brincadeirinha, mas não consegui evitar de imaginar a cena numa sala de audiência…kkkkkkkk!!!)

Mas insatisfeito com a fragilidade das provas, e inseguro para sentenciar, o magistrado decidiu continuar a instrução e ouvir milhares de testemunhas: padres, pastores, coroinhas, puxas-sacos, pais e maes de santos, cambonos, monges, historiadores, teólogos, políticos, o Google, o Yahoo, o Faceboock e ate o Instagram foi chamado (menos grupos de whatssap porque são muito chatos).

Mas ninguem conseguiu provar que eramos filhos de Deus. Ningúem. Até o filho de Olurum foi ouvido, Jesus, e inclsuive seus Apóstolos, mas nada provava que eramos filhos de Olorum. As provas eram parciais demais.

Foi então que a prova cabal apareceu, ou melhor, foi descoberta, porque ela já existia! E foi encontrada já ao final do julgamento, quando a pedido da parte autora, foi cantado o Hino da Umbanda. Foi ali que o magistrado fez uma ligação que só os melhores juízes conseguem fazer: ao ouvir na letra a palavra “refletiu a luz divina”.

ESTAVA AI A PROVA: reflexo!! Somos o reflexo do Pai ora bolas!!

Aí está a prova ele buscou na nossa própria imagem:

Assim como os filhos carregam o DNA genético do seu pai e mãe, os homens carregam dentro de si a centelha divina de Olorum, e na sua imagem, a imagem de Deus! Foi o que Jesus disse, mas ninguem ouviu ou acreditou. Vejam acima como somos; vejam nos espelhos como voces são. Vejam. A linhagem não deixa dúvida; anos após anos, decadas, seculos, não deixam qualquer dúvida: nossas imagens se repetem em todos os cantos da Terra.

VOCÊ É FILHO DE DEUS!!!!!!!

E agora, afora as brincadeiras, O QUE FAZER? Simples até demais: vamos nos comportar como um bom filho, só isso! Olorum não nos pediu grandes esforcos ou milagres. Não! Então vamos respeitar os demais filhos de Olorum, nossos irmãos; vamos respeitar a casa de nosso Pai, a Terra, nossas cidades, nossos bairros, ruas e calçadas. Isto já está de bom tamanho.

Vamos respeitar nossos animais, enviados para ajudar na evolução dos espíritos. Sim, Emmanuel disse certa vez: assim como nós estamos no encalço do anjo, os animais estão no encalço dos humanos…

E seguindo o pedido de um Missionário da Justiça que trabalha aqui na nossa região, que tal replicarmos nosso sinal divino em nos, dando, além do pão, um abraço, um incentivo moral, um conselho, um abraco, um milagroso olhar de bondade???

Por fim, que tal imitarmos aquele preto velho bem veinho sentado num canto do Congá, todo envergonhado, de pés descalços, só com um dente, se rindo todo, faceiro, dizendo que tudo vai ficar bem???

Um saravá a todos.

José Augusto da Cunha Meira

6 Comments

  1. TEXTO maravilhoso. Temos que admitir nosso irmão José Augusto é mesmo uma mente privilegiada, um grande pensador e escritor.Parabens irmão, Que venham mais textos como esse…….Orgulho de te ter fazendo parte da nossa familia…..

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sou apenas um aluno bem atrasado do Pai Preto e da Mãe Branca Tia Cléo…e na verdade, eu é que fico feliz de ter sido aceito por vcs…as vezes, nem acredito! Beijo no coração menina…

      Curtir

  2. Texto Maravilhoso!!! Espero aprender com todos vcs, irmãos. Os quais já os tenho no meu coração!

    Ps.: Pensar q já ouvi alguém me dizer que ñ sou filha de Deus…pelo fato de ser Umbandista.

    Curtir

    1. Sempre aprendemos um com o outro Lucileia! E sobre não ser filha de Deus por ser umbandista, não se deixe contaminar por opinião preconceituosa. O preconceituoso nunca esteve certo e nunca vai estar certo…simples assim.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s